segunda-feira, 27 de julho de 2009

Abraço Feliz

Em mim o tempo voa
levado junto à poeira
que o vento modela
invisível e infinito...

Deixei ao céu minha prece,
e neste mundo acabei sem o tê-lo,
passaram tempos e estou assim
esperando meu resgate,

e nesse interlúdio moral,
cantam e destoam meus versos
palavras de esperanças sem fim,

pois Deus dá-me o prazer de esperá-lo,
e eu o vou abraçando feliz
até que me torne de corpo só poeira.

2 comentários:

Pamy disse...

Evandroo a liberdadee q vc teem e transmitii é mtoo boaa, poiis vc vivee o momentoo presentee o amanhã pertencee a Deeus, e issoo é boom tbm pkêe é aprendizaduuh naum só p/ miim e siim p/ otraas pessoaas, vc acabaa mostranduh umaa realidadee q mtoos naum enxergaam e vivênciaam, explendidoo vc amree...kkk!

pontodomeio disse...

"cantam e destoam meus versos.
palavras de esperanças sem fim,
pois Deus dá-me o prazer de esperá-lo, e eu o vou abraçando feliz"

Amém!

Faço dessas tuas palavras, as minhas!
Que a esperança brote em nossos corações a cada amanhecer...

Beijo, querido!

Quem sou eu

Minha foto
Sou uma pessoa que sempre teve um grande e intenso mundo interior, e que no entanto nunca consegui se fazer ouvido ou entendido, então comecei a escrever a fim de aliviar esse contexto interno, passando então a me auto-conhecer, e nesse processo acabei descobrindo o que realmente mais gosto e quero fazer. E mais importante, a cada dia me sinto mais livre e contextualizado com o meu mundo, com as pessoas e com o meu Deus, que é a base de toda estrutura da minha vida. Toda Glória pois a Ele! Deixo pois aqui alguns de meus poemas para que possa despertar nas pessoas que vivem a mesma coisa e ainda não romperam com a convenções! Abraço a Todos. Fraternalmente!

Seguidores